Cagece deve elaborar plano para situação hídrica do CE

A Cagece informou, em nota, que trabalha na elaboração de um plano para atender ao cenário de crise hídrica do Estado. O plano de Fortaleza deve ser entregue à agência reguladora até o fim de junho. Segundo a Companhia, informações sobre contingência devem ser detalhadas mediante apresentação do plano. No caso dos municípios do Interior e da Região Metropolitana, atendendo à resolução emitida pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce), a Cagece formalizou plano de 40 municípios e localidades que já passam por regime de contingência.

 

Os municípios já afetados, segundo a Cagece, são: Acopiara, Maranguape (Amanari e Sapupara), Apuiarés, Beberibe (sede da cidade e Serra do Félix), Campos Sales, Capistrano, Carnaubal, Catunda, Chorozinho (sede da cidade e Triângulo), Crateús, Iracema (Ema), Fortim, Granjeiro, Guaraciaba do Norte, Guaramiranga, Horizonte, Ipaumirim, Iracema, Itapiúna, Graça (Lapa), Mombaça, Monsenhor Tabosa, Mulungu, Pacoti, Palhano, Palmácia, Parambu, Pereiro, Piquet Carneiro, Pires Ferreira, Potiretama, Reriutaba, São Luiz do Curu, Croatá, Tamboril, Umari, Varjota e Viçosa do Ceará.

O Povo

Observatório de Políticas Públicas de MaranguapeCagece deve elaborar plano para situação hídrica do CE

Cagece deve elaborar plano para situação hídrica do CE

Veja Também os Posts Relacionados!

Ainda com sede por conhecimento? Veja o que encontramos no OBSERVATÓRIO com base neste assunto. Isso pode complementar seus conhecimentos.

Topo