DISTRITO DE LAGOA DO JUVENAL

FOTOS E HISTÓRIA

        HISTÓRICO DO DISTRITO DE LAGOA DO JUVENAL

 

            O distrito de Lagoa do Juvenal tem como data de sua fundação o dia 04 de setembro de 1872, por Juvenal de Freitas, natural do Rio Grande do Norte, do município de Apodi, casado com a senhora Jacinta de Araújo Cavalcante, natural de Maranguape, da localidade do Cajueiro. Ao chegar na Lagoa (hoje distrito) fez o seguinte pronunciamento: “ Dona Jacinta, meus 14 filhos, aqui a terra é boa e com a força do nosso trabalho e a ajuda da providência divina haveremos de construir uma grande fazenda e no futuro será um grande distrito”. Daí então Juvenal e família passaram a trabalhar nas atividades agropastoris daquela localidade. Em 1888, com a morte do fundador, ficou liderando o destino da família, seu filho José Juvenal de Freitas, o saudoso Zé de Freitas, que foi povoando a localidade, a partir do casamento dos irmãos, que construíram novas residências. A família era católica e devota de Nossa Senhora do Carmo, o que levou a construção de uma capela no ano de 1925 para homenagear a santa, como também a doação de uma área de terra para a Arquidiocese do Ceará após sua morte e de sua esposa a Sra. Francisca de Freitas. Na década de 1930, vieram morar em Lagoa do Juvenal novas famílias, como os Sousa Albuquerque, Brasileiro de Sousa, Maciel, Brasileiro Uchoa, Jacinto de Araújo, Honório de Abreu, Paulino de Sousa e Anacleto de Sousa que influenciaram muito no desenvolvimento sócio e econômico do local. Com o falecimento do líder, o Sr. José Juvenal de Freitas, em 10 de abril de1957, aigreja recebeu a terra doada, pela comissão da capela formada pela Sra. Maria Amélia de Andrade Freitas, pelo Sr. José de Sousa Albuquerque e por Luiz Brasileiro de Sousa, que resolveram aflorar (planear a superfície) a terra e daí foram construídas mais de cento e cinqüenta novas residências, onde todas as famílias contribuíram para o processo do crescimento da povoação tomando o aspecto de vila.

            Até o ano de 1990, a Lagoa do Juvenal, figurava nos mapas na condição de um povoado e também como a antiga fazenda Lagoa do Juvenal, mas, através da lei nº. 1045/90 de 22 de maio de 1990, criada pelo então vereador Antonio Afonso de Andrade Freitas (descendente direto do fundador) e sancionada pelo então Prefeito Raimundo Gomes de Matos, cria-se o Distrito de Lagoa do Juvenal com seu adjetivo pátrio de LAJUVENSES (formado da junção dos nomes Juvenal e Lagoa) que pela origem de sua denominação deve-se ao nome do fundador Juvenal e de uma lagoa (lago natural) existente no povoamento. Com distância de43 kmda sede do município de Maranguape, tem como limites o distrito de Itapebuçu e o município de Caridade. Tem como base econômica as atividades agropecuárias e a cultura do caju e no sócio educacional quatro escolas e uma creche, todos pertencentes à rede de ensino municipal, dentre elas  a Escola Municipal de 1º Grau José de Sousa Albuquerque ( escola pólo), conta também com duas associações comunitárias que muito contribui para o crescimento deste distrito.

 

 

Observatório de Políticas Públicas de MaranguapeDISTRITO DE LAGOA DO JUVENAL

DISTRITO DE LAGOA DO JUVENAL

Veja Também os Posts Relacionados!

Ainda com sede por conhecimento? Veja o que encontramos no OBSERVATÓRIO com base neste assunto. Isso pode complementar seus conhecimentos.

Topo